Entorno do Rio

Angra dos Reis

A 180 km do Rio, Angra dos reis com suas 365 ilhas entre as quais a famosa Ilha Grande, com suas trilhas e praias pouco exploradas, é um dos passeios favoritos dos cariocas.

O passeio de barco pela baia, visitando diversas praias das ilhas, mergulhando em suas águas temperadas para nadar entre os peixinhos, e almoçando nos restaurantes rústicos nelas existentes, é algo de inesquecível. 

Itacuruçá

A Ilha de Itacuruçá fica na Baia de Sepetiba, a 80 km do Rio. Lá embarca-se para um fantástico passeio de barco muito bem equipado, e operado por tripulação muito bem qualificada. 

O passeio flui pela Baia de Sepetiba leva o turista a conhecer locais fantásticos da Costa Verde, como a Restinga da Marambaia. Neste passeio pelas águas tranqüilas, límpidas e com ótima temperatura para mergulho, com sorte, é possível a observação de golfinhos, o “Boto Cinza”, característico da região.

BUZIOS - Orla Bardot

Com uma singela homenagem a Brigitte Bardot dando o seu nome ao principal ponto da cidade, a Orla Bardot se estende desde o fim da praia do Canto até o fim da praia da Armação. A beleza reluz na escultura da artista plástica Christina Motta, tanto como a da própria Brigitte Bardot, sentada observando o movimento das águas e dos transatlânticos no paraíso que um dia ela descobriu e tornou internacionalmente conhecido.

BUZIOS - Praia João Fernandes

É a praia mais famosa da península, freqüentada pelo turismo internacional e com movimentação o ano todo, localizada ao norte e com uma grande riqueza submarina.

BUZIOS - Rua das Pedras

Localizada no centro de Búzios , é a rua mais famosa da Região dos Lagos. Ela funciona como um ponto de encontro, um shopping a céu aberto, com lojas de marcas locais e internacionais. A área de lazer é repleta de bares descontraídos e restaurantes para todos os gostos, reunindo o que há de melhor em Búzios. O mais importante e impactante é que, nesta pequena rua devorada pelos pedestres, pode-se perceber a alma buziana. Nela, descontração e elegância andam de mãos dadas, enquanto que o charme e a sensualidade fazem livremente seu jogo de sedução.

PETRÓPOLIS - Palácio Quitandinha

Construído em 1946 para ser a “Capital do jogo bancado no Brasil”, tudo nele é muito luxuoso e com proporções gigantescas. Os banheiros são de mármore, seus lustres com pingentes de cristal integram um sistema de iluminação que seria suficiente para iluminar uma cidade de 60.000 habitantes. Seus salões podem abrigar até 10.000 pessoas ao mesmo tempo. Encontra-se aberto para visitação, guiada.

PETRÓPOLIS - Palácio Imperial

Construído em 1862 em estilo neoclássico, para ser a residencia de verão da família imperial, deu início a um grande projeto urbanístico que envolvia a construção de toda uma cidade em seu entorno, Petrópolis, que previa ainda a colonização de toda a área, então quase desabitada. Atualmente abriga o Museu Imperial, que possui o principal acervo do país relativo ao Império Brasileiro, em especial o chamado Segundo Reinado, o período governado por d. Pedro II. 

PETRÓPOLIS - Catedral São Pedro de Alcântara

Construída de 1884 a 1939, a catedral de Petrópolis é uma igreja em estilo neogótico. Nela encontra-se o mausoléu imperial localizado à direita da entrada. No centro do mausoléu há um sarcófago duplo com os restos do Imperador D.Pedro II e da Imperatriz Thereza Christina. Neste mausoléu encontram-se também os túmulos da Princesa Isabel e de seu esposo, o Conde D’Eu.

PETRÓPOLIS - Palácio de Cristal

Construído na França em 1879, por encomenda do Conde D’Eu, foi inaugurado em 1884, destinado a servir de local para exposições e festas. Com sua estrutura em ferro fundido, inspirada no Palácio de Cristal de Londres e no Palácio de Cristal do Porto, constitui belo exemplar da revolução industrial que acontecia na Europa, refletindo bem aquele período histórico. À noite, como a foto mostra, fica muito bonito. Para quem gosta de história e beleza, vale a pena conhecer.